Arquivo mensais:dezembro 2011

Drama e uma bela edição para o ouro de Dead Island

Além do Google (de quem já falamos aqui) outra empresa de tecnologia chamou a atenção por ser uma nova entrante na categoria Films.
As cenas do game Dead Island Cinematic (produzido pela Deep Silver e pela Techland) montadas em câmera lenta, reverse e com uma trilha emocionante ganharam um significado novo e trouxeram poética a um bando de zoombies. A animação mereceu seu ouro em Cannes.

thenetworkone: uma palestra sobre as agências independentes

Uma das poucas palestras de uma agência não pertencente aos grandes grupos de comunicação trouxe uma visão bastante contestadora dentro do festival.

O pessoal da thenetworkone começou com uma bela e instigante frase, para provocar uma verdadeira reforma no processo criativo dos publicitários: “Se parece com um anúncio, comece de novo”.

A seguir, a critica sobre os poucos espaços das agências independentes no Festival e seus horários também pouco nobres (marcados em amarelo).

A crise econômica dos últimos anos também entrou na pauta para discutir o motivo de novas agências independentes estarem mais raras, enquanto nos anos 70 elas eram muito comuns.

Após, o grande argumento de defesa das independentes: estão em posições de destaque entre as agências mais criativas de países como a Alemanhã.

Para encerrar, houve até um comentário irônico sobre a diminuição das agências independentes. Será que a motivação reduzida de abrir novas empresas do ramo está relacionada com o pouco interesse atual pelo próprio cargo de executivo de agência?